sexta-feira, 16 de março de 2018

Principais notícias do PMDB


Clipping - PMDB de Curitiba - 16/03/18
Organização e divulgação: Novo Movimento Democrático

====================
 Novo Movimento Democrático: https://goo.gl/Jcs2C3
====================

1) PMDB de Curitiba



====================

2) PMDB no Legislativo

Senador Roberto Requião





Deputado Estadual Requião Filho


 Deputado Estadual Nereu Moura



====================

3) PMDB nos municípios:

Curitiba

Vereador Professor Silberto

- Utilidade Pública para aula de patinação em Curitiba. https://goo.gl/HDQsup | https://goo.gl/M1zz9e


Noêmia Rocha

sexta-feira, 9 de março de 2018

Principais notícias do PMDB


Clipping - PMDB de Curitiba - 09/03/18
Organização e divulgação: Novo Movimento Democrático

====================
PMDB - Curitiba. https://www.pmdbcuritiba.org/
PMDB-PR: http://pmdbpr.org.br/
Novo Movimento Democrático: https://goo.gl/Jcs2C3
====================

1) PMDB de Curitiba

- PMDB DE CURITIBA ABRE AS PORTAS PARA RECEBER ATIVIDADES CULTURAIS - Primeira atividade será exposição de fotos e documentos com a história do partido - https://t.co/uPm0P7wNst

====================

2) PMDB no Legislativo

Senador Roberto Requião

- Senador Roberto Requião completou 77 anos no dia 05 de março. O Novo Movimento Democrático deseja muita saúde, felicidade, sucesso e força para o Presidente do PMDB do Paraná. 

Deputado Estadual Requião Filho

- Requião Filho encaminha pedido de providências a Deltan Dallagnol para averiguar licitações que vão terceirizar o gerenciamento e a fiscalização de obras e serviços rodoviários no Paraná. “É terceirizar a fiscalização de algo que o DER tem competência e recursos para atuar”, criticou. Confira: http://bit.ly/2H0ftdr

- Defesa do Consumidor: Mais um naufrágio na Ilha do Mel e Requião Filho propõe regras mais claras para embarcações de travessia no litoral do Paraná. Confira: http://bit.ly/2FNvcx0

-"'Era das Palestras de Faz de conta' está chegando ao fim". Requião Filho comenta prestação de contas do Governo Richa. Confira: http://bit.ly/2I5zZe0

- Audiência Pública vai debater as dificuldades do transporte de passageiros no litoral do Paraná. Evento será em Paranaguá, na próxima segunda (12), 18h30. Acesse e saiba mais: http://bit.ly/2oRsa3q

Deputado Estadual Nereu Moura

- Beto Richa não consegue barrar projeto de Nereu Moura que garante gratuidade aos idosos em ônibus intermunicipais.http://bit.ly/2FBnmce 

- Deputado Nereu Moura participa dos Jogos Olímpicos de Capitão Leônidas Marques. http://bit.ly/2ttpGgC

- Expoagro 2018 tem a presença do deputado estadual Nereu Moura. http://bit.ly/2FE0ada

- Nereu Moura faz homenagem às mulheres no Dia Internacional dedicado a elas: “Não basta apenas parabenizar, mandar flores; o Dia Internacional da Mulher vai muito além. A data traz reflexão, já que o sexo feminino é ainda muito discriminado. Mesmo com os avanços e lutas, há desrespeito, violência, opressão e desigualdade". http://bit.ly/2oZnQOV

====================

3) PMDB nos municípios:

Vereador Professor Silberto

- Em 2018, Silberto integrará a comissão de Economia, Finanças e Fiscalização. https://goo.gl/QLfoMQ

- Professor Silberto participa do evento Gira Internacional Smart City, em Curitiba. https://goo.gl/2WpZvs

- Aprovada sugestão ao Executivo, do Professor Silberto, que propõe a instalação de Wi-Fi gratuito em praças e parques de Curitiba. https://goo.gl/LgJ2Jx

sexta-feira, 2 de março de 2018

Principais notícias do PMDB

Caso tenha perdido alguma de nossas atualizações, confira abaixo a atividade do PMDB desta semana:


Clipping - PMDB de Curitiba - 01/03/18
Organização e divulgação: Novo Movimento Democrático

====================
PMDB - Curitiba. https://www.pmdbcuritiba.org/
PMDB-PR: http://pmdbpr.org.br/
Novo Movimento Democrático: https://goo.gl/Jcs2C3
====================

NOVIDADE: APROVADA CRIAÇÃO DO MDB CULTURAL

- Na noite do dia 27/02 foi aprovada a criação do núcleo MDB Cultural Curitiba, com a comissão provisória composta pelos integrantes: Rafael Perich, Bruna Tschá, César Bond, Priscila Rocha e Janine Rodrigues.

====================

1) PMDB - Legislativo:

Senador Roberto Requião




Deputado Estadual Requião Filho



- ATENÇÃO: O Presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, Deputado Estadual Requião Filho, realiza no próximo dia 12 de março, às 18h30, em Paranaguá, uma Audiência Pública para debater as dificuldades relatadas por passageiros dotransporte intermunicipal no litoral doParaná

Deputado Estadual Nereu Moura





Deputados Estaduais


====================

2) PMDB nos municípios:

Curitiba


Vereador Silberto



Opinião


quinta-feira, 1 de março de 2018

A Vingança dos Eleitores

Por Luiz Pujol. Acesse seu site por aqui.


“A vingança dos eleitores” é como Michael Dobbs se refere às Eleições logo nas primeiras páginas de sua obra literária “House of Cards” que originou a famosa série de mesmo nome.

A ironia empregada em tal expressão pelo autor inglês se amolda ao cenário vivenciado com a proximidade das Eleições no Brasil que é bastante complexo.

A Eleição de 2018 alinha a escolha de vários cargos eletivos: Presidente, Senadores, Deputados Federais, Governadores e Deputados Estaduais.

Embora a mídia insista em criar uma dicotomia, o conflito entre “esquerda” e “direita” nos diálogos cotidianos da população - intensos em 2015 e 2016 - esfriou no último ano.

Como observa Reinaldo Dias, Doutor em Ciências Sociais e Professor da Universidade Presbiteriana Mackenzie: “atualmente está disseminada a apatia em torno do processo eleitoral relacionando-o com a baixa qualidade dos atuais representantes”.[1]

Diante dos inúmeros escândalos de corrupção, envolvendo dirigentes e figuras importantes de praticamente todos os Partidos Políticos, a população brasileira passou a identificar os políticos como sendo “todos iguais”.

Os cidadãos visivelmente desaprovam o Governo Federal, cuja política de “Reformas” acarreta a destruição de inúmeros direitos da população. Se Reformas são necessárias, o mínimo que se espera é que haja diálogo com a população. Leia-se: diálogo não é propaganda defendendo uma posição.

Por mais que se possa criticar medidas de Governos anteriores, o atual, na Reforma Trabalhista utilizou o exercito para manter o povo longe do Congresso Nacional. Isto é uma vergonha.

A população se pergunta por onde anda o Partido de Ulysses Guimarães? Responsável pela união de diversos interesses conflitantes na década de 1980, fomentador de diálogo e que viabilizou a aprovação da Constituição Cidadã?

Os demais Partidos também decepcionam a população: os “liberais” deixam suas pautas de lado tentando proteger mandatários denunciados; e os “sociais” parecem não conseguir se organizar preferindo discutir suas pautas entre eles mesmos. 

A decepção da população se consolida a cada votação no Congresso pela descarada troca de favores à revelia das matérias votadas.

Nos Estados, vários Governadores demonstram total despreparo para com a legislação orçamentária, usando a “crise” como desculpa por sua inaptidão para os cargos, além de alguns serem investigados por corrupção.

Isto sem falar que houveram Estados, onde as Assembleias Legislativas foram sitiadas nos últimos anos por diversas manifestações, muitas resultando no uso ostensivo da policia para confrontá-las.

Não que concordemos em colocar todos os políticos na “vala comum”, todavia, diante deste cenário: é realmente difícil entender a razão de a população estar fazendo tal julgamento? Claro que não.

Os motivos e o sentimento de revolta da população são claros. Cientistas políticos, analistas e a mídia já preveem que a insatisfação da população com os atuais mandatários resultará em menos reeleições em 2018.

O jornal El País recentemente destacou as conclusões do estudo “O Custo Político da Corrupção: Escândalos, Financiamento de Campanha e Reeleição na Câmara dos Deputados” dos cientistas políticos Mercus Melo, Ivan Jucá e Lúci Renno.[2]

Uma das conclusões do estudo é de que: para se reelegerem, os candidatos envoltos em escândalos de corrupção, em média, necessitam arrecadar 72% a mais que os candidatos não envolvidos, e 91% a mais do que gastaram na eleição anterior ao escândalo.[3]

Lúci Renno, professor de ciência política da Universidade de Brasília, acredita que os partidos não servirão como “filtro” para os políticos acusados de corrupção, pois as legendas protegem suas lideranças, no entanto, aponta que a taxa de reeleição pode cair: “é um fenômeno que verificamos durante o Mensalão e o caso das Sanguessugas. E a Lava Jato teve uma amplitude maior ainda, houve um choque informacional muito grande para o eleitor com relação a estes escândalos”.[4]

A necessidade de fomentar o voto consciente e diferenciar os políticos sérios, probos e comprometidos com o interesse público é urgente.

Neste sentido Reinaldo Dias observa que a intensificação do debate eleitoral é bem-vinda, sendo uma forma de aperfeiçoar a participação da população, mas adverte que: "a discussão política se dá com o debate sobre os reais problemas do país e não com a intervenção sectária que desqualifica as opiniões divergentes. Essa é uma manifestação concreta de cidadania”.[5]

A expressão “vingança” logicamente é uma ironia, o que os eleitores querem é “fazer justiça” nas urnas, mostrar sua indignação, e tirar do poder aqueles que figuram em escândalos de corrupção, lavagem de dinheiro e improbidade.

A Eleição de 2018 promete ser tensa e refletir a desaprovação da população com a dinâmica do sistema político atual.

Quem claramente sai com vantagem são: os candidatos “ficha limpa”; os candidatos que não estão envolvidos em escândalos de corrupção; e os que não figuram em delações ou investigações. E realmente, são estes, os comprometidos com a população e o Estado, que devem ser eleitos. 

Esperamos que, em 2018, o povo saiba utilizar bem seu direito mais poderoso: o voto. 


[1]https://www.ecodebate.com.br/2017/10/16/o-voto-nas-eleicoes-de-2018-artigo-de-reinaldo-dias/

[2]https://brasil.elpais.com/brasil/2018/01/08/politica/1515440006_657001.html

[3]https://brasil.elpais.com/brasil/2018/01/08/politica/1515440006_657001.html

[4]https://brasil.elpais.com/brasil/2018/01/08/politica/1515440006_657001.html

[5]https://www.ecodebate.com.br/2017/10/16/o-voto-nas-eleicoes-de-2018-artigo-de-reinaldo-dias/

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Principais notícias do PMDB

Caso tenha perdido alguma de nossas atualizações, confira abaixo a atividade do PMDB desta semana:


1) PMDB – Opinião 

- A Sucessão de Gestões Tapa Buraco em Curitiba, por Luiz Pujol.

====================

2) PMDB no Legislativo: 

Senador Roberto Requião

- Intervenção no Rio apenas mascara uma crise maior, diz Senador Requião.

Deputados Estaduais 

- Deputado Anibelli Neto questiona governo Richa sobre reajustes na conta de água.

- Mudanças na tarifa mínima da água afetaram 1,3 milhão de famílias no Paraná, denuncia Anibelli. 

- Requião Filho: Tarifas de água vão aumentar no Paraná e consumidor prepara o bolso mais uma vez.

- Requião Filho: Policiais são orientados a fazer revezamento de coletes, por falta de equipamentos para todos, no Paraná.

- Requião Filho fala na Assembleia Legislativa do Paraná sobre benesses fiscais que envolvem o Programa Paraná Competitivo, pelo Governo Beto Richa. Assista

- Lava Jato chega ao Palácio Iguaçu.. "Nenhuma novidade. Já vínhamos denunciando isso há tempos", dispara Requião Filho.

- Nereu Moura:Governo do Paraná decide aumentar tarifa de água e mantém percentual em sigilo.

- Nereu Moura: Estabelecimentos devem informar impedimento para doação de sangue por um ano após tatuagem

- Nereu Moura: Beto Richa veta projeto de Nereu Moura que garante gratuidade aos idosos em ônibus intermunicipais

====================

3) PMDB nos municípios: 

Curitiba

- Vereador Professor Silberto: Pró-cidade, Pró Educação. Com mais de 20 Projetos e 500 requerimentos, o Vereador Silberto faz um resumo dos seus trabalhos em 2017.

- Vereador Professor Silberto assume liderança do PMDB na Câmara Municipal de Curitiba.

- Noemia Rocha presta contas às unidades de saúde de Curitiba.

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Principais notícias do PMDB

Caso tenha perdido alguma de nossas atualizações, confira abaixo a atividade do PMDB no início de 2018:


1) PMDB 

- Diretórios do Sul protocolam pedido de impugnação à mudanças estatutárias do PMDB que conferem "super-poderes" à Romero Jucá

====================

2) PMDB Paraná: 

Deputados Federais

- Richa no governo, corte na Praça do Japão e vaca no postinho. Comentários do Deputado João Arruda

Deputados Estaduais 

- Líder da oposição na ALEP, Anibelli Neto recorda o “camburão” que anteviu o massacre de professores e estudantes no Centro Cívico

- “Um governo de fantasias e alegorias...”: Requião Filho define o Governo de Beto Richa

- Proposta de Nereu Moura proíbe no Paraná cobrança do ponto adicional na TV paga

- Proposta de Nereu Moura visa acaba com os super-salários no Governo do Paraná

====================

3) PMDB Curitiba: 


- Manutenção é maior demanda de escolas municipais, aponta balanço da Comissão de Educação, Cultura e Turismo da Câmara Municipal de Curitiba, da qual faz parte o Vereador Professor Silberto

- Professor Silberto sugere à Prefeitura de Curitiba que sejam realizados estudos para a criação do Pafarme (Programa de Acessibilidade Física para os Alunos da Rede Municipal de Ensino) nos estabelecimentos de ensino de Curitiba (203.00002.2018).  

- Vereador Professor Silberto pede estudos para a liberação de exames e medicamentos para usuários do SUS que receberam atendimento na rede privada de saúde de Curitiba (203.00003.2018)

- Emendas de Noemia Rocha destinam R$ 390 mil para a saúde de Curitiba em 2018

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

MDB do Sul barra "pegadinha" de Jucá e preserva direitos de Diretórios Estaduais, Municipais e da FUG

A Convenção Nacional do MDB, que alterou o nome da sigla, (de PMDB para MDB) quase transformou a maior agremiação partidária do Brasil em um partido de “dono”.

Acontece, que em paralelo  à simpática pauta  prevista para ser votada na convenção, que previa o retorno da legenda ao antigo nome e pequenas  adequações  do estatuto à norma eleitoral, seguia  em tramite uma  enorme transfiguração estatutária.

O fato que estava passando despercebido pelos líderes do partido após sucessivas convocações e cancelamentos do encontro, chamou atenção dos diretórios das Capitais Sulistas, que não obtendo resposta satisfatória da direção nacional, buscaram medida judicial que garantiu, dentre outros direitos, a manutenção de maior segurança política e  jurídica aos diretórios municipais e estaduais e a autonomia  organizacional da Fundação Ulysses Guimarães.

De acordo com o Presidente do MDB de Curitiba, Rafael Xavier, que também coordena o Fórum Sul Brasileiro de diretórios do partido, “a partir da provocação dos diretórios de Curitiba, Porto Alegre e Florianópolis, a sentença proferida pelo juiz de direito João Luis Zorzo, garante que os jabotis inseridos no estatuto não tenham validade. Tornam-se nulos pois extrapolam a pauta prevista no Edital de Convocação”.  E complementa: “Caso o diretório nacional publique  qualquer alteração estatutária  que não foi alvo de deliberação em convenção anterior ou não  seja derivada de obrigação imposta pela legislação eleitoral, esta será nula.”